Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In

Tecnologia Leptra®

A BioGene® disponibilizou em sua linha de produtos a tecnologia Leptra® de proteção contra insetos, que é a união das tecnologias Agrisure Viptera®, YieldGard®, Herculex®I, e Liberty Link®.

Devido ao seu amplo espectro, a tecnologia Leptra® é uma excelente opção para auxiliar os agricultores no controle das principais lagartas que atacam a cultura do milho, como a lagarta-do-cartucho, lagarta-elasmo, lagarta-do-trigo, broca-da-cana-de-açúcar, lagarta-eridania, lagarta-da-espiga e lagarta-rosca.

Pragas-alvo da tecnologia Leptra®

Além disso, os híbridos de milho com a tecnologia Leptra® também conferem tolerância ao uso de herbicidas formulados com Glufosinato de Amônio.

Para maior segurança e proteção da tecnologia, todos os híbridos com Leptra® possuem Tratamento de Sementes Industrial com DuPont™ Dermacor®.

A utilização da tecnologia Leptra® requer sempre a adoção de boas práticas agrícolas para manter a suscetibilidade das pragas-alvo, conforme a BioGene® já vem recomendando aos produtores, prolongando assim a eficácia e durabilidade da tecnologia. De forma geral, recomenda-se a adoção das Boas Práticas de Manejo e o Manejo da Resistência de Insetos (MRI), que tem como foco principal o uso de refúgio estruturado efetivo e o uso de inseticidas químicos para o controle adicional de pragas quando necessário.

Veja mais sobre Manejo Integrado de Pragas, Manejo de Resistência de Insetos, Refúgio Estruturado Efetivo clicando no link abaixo:

​​​

Os híbridos lançados com a tecnologia Leptra® estão disponíveis em Central de Produtos. Veja mais!

 

​​​​<strong>Programa de Boas Práticas Agrícolas</strong>: A utilização das tecnologias aqui contidas requer a adoção de boas práticas agrícolas para manter a suscetibilidade das pragas-alvo, prolongando a eficácia das tecnologias. Como boas práticas gerais recomenda-se a adoção de práticas de manejo de resistência e manejo integrado de pragas, como rotação de culturas, dessecação antecipada, tratamento de sementes, plantio de refúgio estruturado efetivo, controle de plantas daninhas e voluntárias e, se necessário, aplicação complementar de inseticidas. Para mais informações acesse www.boaspraticasagronomicas.com.br​ e veja o Guia de Uso de Produtos disponível clicando aqui.​​​