Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

20/07/2016

Agronegócio rompe barreiras da crise no 1º semestre

Desde a época do Brasil colônia, a agropecuária impulsiona a economia no Brasil. De tantas crises sobrevividas, sejam elas políticas, econômicas e culturais, a criação, produção, consumo e exportação de carne sempre conseguiram alavancar números dentro do cenário do país. Mesmo com a atual, no qual muitos especialistas consideram a pior já enfrentada pelos brasileiros, principalmente quando se trata do impacto direto no bolso do trabalhador, o setor agropecuário tem impulso positivo de acordo com as expectativas desde o início do ano.

Diante de todos índices negativos dos outros setores, dados da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) confirmam que o crescimento da exportação da nossa carne continua em amplo crescimento. Nos primeiros seis meses de 2016, subiu 12% em comparação com o mesmo período do ano passado, o que totaliza 712 mil toneladas de carne brasileira exportada para diversos países do mundo. O total da receita foi o mesmo, US$ 2,7 bilhões, porém a diferença está que em 2015, o total de tonelada foi de 635 mil, o que justifica esse aumento de 12% de crescimento do material de exportação que engloba carne processada e in natura e apenas 2% de queda na receita. 

A sensação com todos esses números animadores é que o produtor rural brasileiro, desde aquele que atua em escala familiar até o que possui milhares de cabeça de gado, não desanimou diante dos fatos históricos e numéricos que circundaram em nosso país nesses últimos seis meses. Sabe-se que o impacto e momento político de um país tem repercussão desde na bolsa de valores, inflação e até mesmo no trabalhador que produz e no que consome a carne e investidores e compradores internacionais. Essa credibilidade também se dá devido a qualidade do produto oferecido, além do cumprimento de entrega da quantidade e prazos estabelecidos entre os envolvidos na transação comercial.

Com essas novas projeções e crescimento contínuo, o Brasil continua estabelecido como o segundo maior produtor de carne bovina, atrás apenas dos Estados Unidos, e como um dos maiores exportadores do produto, competindo com grandes mercados como China, Rússia e Oriente Médio o que reforça o potencial nacional: tornar o país o maior produtor de carne bovina do mundo.

José Carlos Ribeiro é consultor do setor pecuário com foco em produtividade. Atuou na área de medicamentos agropecuários por 12 anos e foi um dos precursores no incentivo a redução do manejo que causa estresse aos animais no Brasil. É sócio fundador da Boi Saúde – Pecuária Inteligente e um dos criadores do Grupo Boi Center Medicamentos Veterinários, também possui um acervo de dicas em um canal do Youtube com o objetivo de levar informações gratuitas aos pecuaristas, para tornar a pecuária brasileira a mais produtiva do mundo. 

A Boi Saúde foi criada para atuar na área de saúde animal, com o principal intuito de apresentar uma nova proposta mais lucrativa, com baixo custo ao produtor rural, investindo em qualidade, minimizando ao máximo o manejo animal, perpetrando o uso de produtos ecologicamente corretos e biodegradáveis, com o comprometimento de proporcionar o reconhecimento por essa experiência em qualidade de vida.

Autor: José Carlos Ribeiro
Fonte: Pork World