Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

18/08/2016

Depois de forte reação dos produtores, governo de Goiás revoga decreto que taxa exportações de soja e milho no estado

Uma briga intensa entre produtores de soja e milho com o governo de Goiás resultou na revogação de um decreto que previa a tributação das exportações de grãos provenientes do estado.

A revogação oficial foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE). De acordo com Bartolomeu Braz Pereira, presidente da Aprosoja do estado e vice-presidente da Aprosoja Brasil, o decreto não trazia tranquilidade e deixava o mercado instável.

Bartolomeu aponta que, mesmo antes de o decreto estar vigente, empresas que iriam realizar compras futuras não encontravam estabilidade e transparência para fechar negócio com os produtores do estado de Goiás. “Nossos preços estavam achatados e nós tínhamos menos compradores no estado”, conta. Por sua vez, outros estados estavam tendo preço melhor, apesar de Goiás possuir melhor logística.

Em reunião hoje na Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de Goiás (FAEG), os produtores lembraram que o estado de Goiás tem muito a ganhar com a revogação. “Deixando os mercados entrarem, teremos a expansão do crescimento das áreas plantadas e uma economia mais forte, tanto para abastecer o mercado interno quanto para exportar”, diz o presidente.

Para lutar pela revogação, foi realizada uma grande campanha de marketing com outdoors e publicações em redes sociais para conscientizar a população e o governo de que a medida seria prejudicial para a economia do estado. Além disso, o presidente considera que a união do setor do agronegócio do estado foi imprescindível para a conquista.

Autor: Aleksander Horta e Izadora Pimenta