Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

25/10/2016

Bushel de soja pode chegar a US$ 10,50 nos próximos meses, diz analista

Diminuição da área cultivada na Argentina e conclusão da safra americana vão elevar cotações da oleaginosa no Brasil.

O analista de mercado Vlamir Brandalizze afirma que os preços da soja podem chegar ao patamar de US$ 10,50 por bushel já nos próximos meses. Mas aconselha o produtor a aguardar um pouco mais para realizar vendas antecipadas.

“Neste momento, o foco das atenções dos agricultores deve ser em fazer um bom plantio. A comercialização pode ser feita entre novembro e dezembro, onde devemos ter melhores momentos de compra por causa do fechamento da safra americana” explica ele.

Outro fator que pode elevar os preços da soja é a safra da Argentina, que corre o risco de ter uma redução de 500 mil hectares. “Há uma indefinição do tamanho da safra que os argentinos vão plantar. O governo Macri vai manter os impostos de 30% para exportação da soja na maior parte do país e isso está causando um desestímulo aos produtores de lá. Com certeza vamos tem preços melhores daqui um mês”, afirma Brandalizze.

Pregão

A soja na Bolsa de Chicago teve alta nesta segunda-feira, dia 24. Os vencimentos de janeiro e março de 2017 ultrapassaram o patamar de US$ 10 por bushel. Entre os principais motivos dessa elevação estão o aumento nos preços dos derivados do grão, como o óleo; a demanda chinesa, que continua aquecida; e a desvalorização do dólar frente a outras moedas.