Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

31/10/2016

Em Chicago, soja inicia pregão com altas, próxima da estabilidade

Na Bolsa de Chicago (CBOT), as principais posições da soja iniciaram a semana com ligeiras altas, próximas da estabilidade. Por volta das 8h14 (horário de Brasília), os vencimentos da commodity testavam ganhos entre 0,25 e 1,50 pontos. Todos os contratos permanecem acima do patamar de US$ 10,00 por bushel, com o novembro/16 cotado a US$ 10,02 por bushel e o maio/17 a US$ 10,24 por bushel.

As cotações da oleaginosa tentam ampliar os ganhos registrados na semana anterior, de mais de 1%. Com o suporte da demanda, os preços futuros voltaram a subir no mercado internacional. "As inspeções de exportação e as vendas semanais continuam excelentes", reportou o site Agrimoney.com.

Ainda nesta segunda-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reporta novo boletim de embarques semanais. Além disso, o órgão tem divulgado vendas do produto americano nos últimos dias, especialmente para a China.

Paralelamente, os participantes do mercado ainda acompanham a finalização da safra americana. Hoje, o USDA atualiza as informações sobre a colheita da produção de soja no final da tarde. Até a semana passada, cerca de 76% da área plantada já havia sido colhida.

Outro fator que também está no radar dos investidores é o clima na América do Sul e a evolução do plantio. No caso do Brasil, até a última quinta-feira (27), em torno de 41% da área já havia sido cultivada, conforme dados reportados pela AgRural. No mesmo período de 2015 o índice era de 31% e a média dos últimos cinco anos é de 40%.