Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

10/11/2016

Após perder mais de 3%, milho esboça recuperação na manhã desta 5ª feira na Bolsa de Chicago

As principais posições do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a quinta-feira (10) em campo positivo. Às 8h38 (horário de Brasília), os vencimentos da commodity apresentavam altas entre 3,75 e 4,00 pontos. O contrato dezembro/16 era cotado a US$ 3,44 por bushel, enquanto o março/17 trabalhava a US$ 3,53 por bushel.

O mercado testa uma reação após cair mais de 3% no dia anterior. Ainda nesta quarta-feira, os preços do cereal foram pressionados pelas novas projeções do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) indicando uma safra maior no país nesta temporada. Os estoques finais norte-americanos também foram revisados para cima.

De acordo com informações das agências internacionais, os preços do cereal acompanham a reação registrada nas outras commodities também. Os mercados da China subiram e atingiram nova máxima de 10 meses hoje, seguindo uma reviravolta nos mercados globais depois da vitória de Donald Trump na eleição presidencial nos EUA, conforme informou a agência Reuters.

Ainda nesta quinta-feira, o USDA traz outro importante indicador de demanda, o relatório de vendas para exportação. Na semana anterior, os números ficaram 1.473,5 milhão de toneladas.

Autor: Fernanda Custódio