Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

11/11/2016

Grãos: dólar valoriza mais de 4% e favorece negócios

O dólar atingiu nesta quinta-feira, dia 10, a cotação máxima de R$ 3,386 durante o dia, representando alta de mais de 5%. Esse cenário, combinado com preços da soja e do milho na Bolsa de Chicago em alta, favoreceram as negociações dos grãos em todo o Brasil. No final do dia, a moeda fechou com cotação de R$ 3,361, em alta de 4,29%.

O analista de mercado da Cerealpar Steve Cachia afirma que esta é uma semana histórica para o mundo, em virtude da eleição presidencial nos Estados Unidos, e que há muita emoção nas operações de fechamento de negócios. Apesar da euforia, diz o analista, esta é uma boa oportunidade para o produtor travar parte de sua safra.

“O que estamos vendo hoje (dia 10) deveria ter acontecido ontem (dia 9), mas, como o discurso de Donald Trump como novo presidente dos EUA foi mais conciliador, o mercado financeiro se acalmou um pouco. Já hoje os investidores estão se protegendo contra os riscos, mesmo que não existam sinais de mudanças na política e economia americana”, explica Cachia.

Ele ainda afirma que a comercialização da safra no Brasil está mais lenta do que deveria ser. Imaginando em um cenário não tão favorável para novas altas, o produtor deve fechar seus negócios quando surgem momentos como esse.

“O produtor precisa ter um pouco de cautela, mas sem dúvida essa combinação de dólar e Chicago em alta é muito interessante. O mercado esta tentando entender o que esta acontecendo e dá sinais de leve melhora”, afirma.

Autor: Francielle Bertolacini