Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

21/11/2016

Agricultores aproveitam a volta da chuva para plantar soja no TO e MA

Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia: as iniciais desses quatro estados formam a palavra Matopiba, uma região agrícola em expansão no Brasil. Na última safra, ela sofreu com a estiagem e a esperança dos agricultores, agora, é recuperar os prejuízos.

Maranhão

A chuva é sinal de alívio para os agricultores que não perderam tempo e colocaram as máquinas plantadeiras no campo.

Na região sul do Maranhão, a janela ideal para o plantio da soja começa na primeira semana de novembro e vai até os primeiros dias de dezembro, mas este ano, a chuva chegou mais cedo e muitos agricultores anteciparam o plantio.

A soja plantada na primeira semana de outubro está se desenvolvendo bem. A ordem é tentar se recuperar dos prejuízos com a safra passada, que foi prejudicada pela estiagem. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento, a produção caiu mais de 40%.

Agora, com a volta da chuva, o agricultor Tiago Brunetta está mais animado. Ele plantou 2,7 mil hectares no município de Balsas e espera uma produtividade superior a 50 sacas por hectare.

A região sul do Maranhão deve cultivar 700 mil hectares, 5% a mais que na safra passada. Segundo a Conab, se as previsões de chuvas regulares se confirmarem, a produção de soja deve crescer 80% se comparada com a safra passada.

Essa é esperança dos agricultores, que ainda tentam negociar as dívidas com os bancos e as empresas multinacionais que financiam a produção.

Tocantins

Em uma fazenda em Porto Nacional, região central do Tocantins, as máquinas trabalham em ritmo acelerado. O produtor João Trombini está plantando soja em uma área de 1,7 mil hectares, a mesma da safra passada.

O motivo é o clima. Como a chuva demorou a aparecer no Tocantins, o arroz e o milho perderam espaço para a soja. A expectativa dos produtores é recuperar os prejuízos da última safra com essa cultura.

O produtor Fausto Garcia também manteve a área plantada. Atualmente, ele cultiva no Tocantins, Maranhão e também em Goiás. Cinquenta mil hectares que antes eram usados para várias culturas, vão ser semeados somente com soja. “Está todo mundo acreditando que vamos ter uma reversão na situação que tivemos no ano passado”, diz.

A região conhecida como Matopiba envolve 337 municípios e mais de 70 milhões de hectares.

Autor: Gil Santos e Maikon Paiva