Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

03/01/2017

Colheita de soja começa em Mato Grosso

Mato Grosso deu o pontapé na colheita de soja da safra 2016/2017. Segundo informações da Associação dos Produtores de Soja e Milho no Estado (Aprosoja), as máquinas entraram nas lavouras no dia 17 de dezembro, dando início à colheita de uma safra recorde, estimada em 30,469 milhões de toneladas, depois do tombo de 2,8% registrado na temporada anterior. O 1º município a colher foi Vila Rica (a 1.248 quilômetros de Cuiabá), e as atividades já estão ocorrendo também em Porto Alegre do Norte, Campo Verde e Sapezal.

Na avaliação do presidente da Aprosoja, Endrigo Dalcin, os trabalhos estão bem mais adiantados na comparação com a temporada anterior, que foi bastante prejudicada pela estiagem, que atrapalhou o desenvolvimento da planta, afetando produtividade e produção. Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), no ciclo 2016/2017 o Estado plantou 9,396 milhões de hectares, um leve aumento de 0,91% se comparado ao ciclo anterior, quando foram semeados 9,311 milhões (ha).

A produção estimada para esta safra está 9,5% maior que a contabilizada no ciclo 2015/2016, quando foram colhidas 27,811 milhões (t).“Estamos prevendo que terminaremos janeiro com 25% da área colhida no Estado. A chuva que caiu nos últimos dias não está atrapalhando, diferentemente do que ocorreu no ano passado, quando tivemos muitos problemas com o clima”, afirma Dalcin ao acrescentar que após a retirada da soja, as lavouras serão semeadas com algodão e milho, na segunda safra mato-grossense.

Apesar de todas as dificuldades com o acesso ao crédito, o presidente da Aprosoja afirma que o produtor conseguiu aplicar as tecnologias necessárias e o resultado disso será um ganho de 8,57% na produtividade, passando da média de 49,78 sacas por hectare no ano passado para 50,06 sacas/ha este ano. “Temos um novo ânimo para ampliar a produção, aumentando muito pouco a área plantada”, ressalta.

Programado para iniciar a colheita na próxima segunda-feira (9), o sojicultor Édio Brunetto avalia que este ano será melhor. Com 18 mil hectares plantados nos municípios de Porto Alegre do Norte, Confresa, Canabrava do Norte, ele diz que o clima foi propício neste ciclo e que a expectativa é colher acima de 50 sacas/ha, maior que as 42 sacas/ha registradas na região na safra passada.

Fonte: A Gazeta