Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

24/01/2017

Milho: preços são sustentados por possível quebra de safra na Argentina

Segundo o Imea, são boas as expectativas para a produção brasileira de milho na primeira safra.

Os principais estados produtores de milho na primeira safra são Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Segundo levantamento divulgado pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), a expectativa de produção brasileira do cereal é boa. O Departamento de Economia Rural (Deral) do Paraná afirma que 94% das lavouras estão em boas condições. Já a Emater-RS estima que 15% da área plantada com milho na primeira safra já foi colhida. “Irregularidade nas precipitações não irá interferir na produtividade do estado”, afirma a Emater.

Chuvas em excesso na Argentina

O excesso de chuvas nas lavouras argentinas deixam os produtores do país vizinho preocupados. Segundo o Imea, o rendimento do cereal pode ser prejudicado em algumas regiões. “Alguma empresas já falam em diminuir suas estimativas quanto à safra na Argentina, e estas incertezas para safra de milho na Argentina podem segurar as cotações do cereal”, afirma o instituto. Porém, quando a segunda safra de milho começar a entrar no mercado, e Mato Grosso estiver ativo na comercialização do produto, o Imea prevê que as cotações podem ser impactadas.​

Fonte: SF Agro