Skip Ribbon Commands
Skip to main content
Navigate Up
Sign In
Você está em: Skip Navigation LinksBioGene / Media Center / Notícias

Notícias

09/05/2017

Calendário de manejo da soja auxilia no combate à ferrugem asiática

A portaria 193/2015 da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) proíbe planta viva de soja no solo, inclusive na beira de estradas, a partir de 15 de maio. De forma complementar, a Portaria 109/2015, da mesma entidade, obriga o chamado vazio sanitário, período de 90 dias, entre 15 de junho e 15 de setembro, com ausência total de plantas vivas de soja nos campos do Estado.

As medidas buscam combater a ferrugem asiática, doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, presente em todas as regiões produtoras do País. A doença gera a desfolha precoce da planta, prejudicando a formação e enchimento dos grãos, o que impacta na produtividade. De acordo com dados do Consórcio Antiferrugem, coordenado pela Embrapa, a ferrugem asiática gera perdas superiores a R$ 6 bilhões por safra no Brasil.

“A ferrugem asiática se hospeda nas plantas de soja. Eliminando esse hospedeiro nos períodos indicados pelas portarias, reduzimos de forma significativa à ocorrência da doença no verão”, aponta o engenheiro agrônomo Fernando Aggio, da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP).​

Fonte: Datagro